fbpx

Descubra qual é a indicação para fazer abdominoplastia

Qual é a indicação para fazer abdominoplastia

O desejo de ter uma barriga chapada e o corpo mais delgado é compartilhado com muitas pessoas. A cirurgia plástica na região do abdômen é uma alternativa para alcançar esse resultado. No entanto, nem todos os casos tem indicação para fazer abdominoplastia, pois isso depende da avaliação de alguns fatores. É o que vamos apresentar neste artigo.

Em primeiro lugar, vamos entender do que se trata esse procedimento. A abdominoplastia é uma cirurgia plástica que reduz o excesso de pele e de gordura ao redor do abdômen, fortalecendo a parede muscular da região. O objetivo é delinear o contorno da barriga, proporcionando um aspecto esteticamente mais agradável.

Com a popularização das cirurgias bariátricas, que proporcionam uma perda considerável de peso para homens e mulheres, a abdominoplastia se tornou um importante recurso para adequar as formas da região abdominal. O excesso de pele que fica após o emagrecimento significativo pode ser removido com a cirurgia no abdômen.

Mas essa não é a única indicação para fazer abdominoplastia. Conheça outras situações em que o procedimento é recomendado e entenda como funciona.

Indicação para fazer abdominoplastia: principais fatores

Existe a indicação para fazer abdominoplastia quando você identifica uma ou mais dessas condições:

  • Flacidez na região abdominal
  • Abdômen saliente, que fica desproporcional ao resto do corpo
  • Músculos abdominais enfraquecidos ou separados (com diástase)
  • Concentração de tecido adiposo no abdômen

Esses aspectos físicos são provocados por diversos fatores. Entre eles, podemos citar:

  • Gravidez
  • Perda de peso considerável
  • Envelhecimento
  • Hereditariedade
  • Cirurgia prévia
  • Doença rara congênita em bebês (síndrome de Prune Belly ou abdômen de ameixa seca)

Sendo assim, os principais perfis de pessoas que buscam indicação para fazer abdominoplastia são:

  • Homens e mulheres que querem uma melhoria estética no abdômen;
  • Mulheres com diástase ou flacidez considerável da pele e da parede abdominal devido à gestação (uma ou várias);
  • Pacientes que passaram por cirurgias bariátricas (redução do estômago) que ficaram com excesso de pele após redução significativa de peso e gordura.

É importante lembrar que o foco da abdominoplastia é a retirada do excesso de pele e o fortalecimento dos músculos da parede abdominal. Caso seja necessário remover um volume mais significativo de gordura, é recomendada fazer a lipoaspiração, que pode ser realizada em conjunto com a abdominoplastia.

O que esperar dos resultados da abdominoplastia

O resultado esperado da abdominoplastia é uma barriga lisinha e fortalecida. Logo após a cirurgia, pode haver inchaço, mas já é possível perceber os novos contornos do abdômen.

A cicatrização completa ocorre em até 10 meses após o procedimento. As marcas ficam na parte baixa do abdômen e o tamanho depende da quantidade de pele que foi retirada.

As pessoas com baixo Índice de Massa Corporal (IMC) tendem a ter melhores resultados. Inclusive, as pessoas com pouca gordura abdominal e leve flacidez na barriga são bons candidatos para a miniabdominoplastia. Nesse caso, geralmente é realizada em conjunto com a lipo.

A abdominoplastia completa é recomendada para aqueles que têm flacidez excessiva da pele, gordura e fraqueza da parede abdominal.

Os pacientes que passaram pela redução do estômago exigem atenção especial. A flacidez da pele após a perda significativa de peso pode implicar na necessidade de fazer procedimentos extras para manter a simetria geral do corpo. Isso envolve seios (no caso das mulheres), as áreas das coxas, costas, braços e flancos (laterais do tronco ou os famosos “pneuzinhos”).

Quais são as contraindicações para fazer abdominoplastia

Antes de decidir pela abdominoplastia, é super importante considerar qual o seu histórico médico, se tem alergias ou condições que possam prejudicar o procedimento. As principais contraindicações para abdominoplastia são:

  • Pacientes obesos, com dieta pobre em nutrientes e sedentários,
  • Presença de doenças cardiovasculares,
  • Ter doenças como cirrose e diabetes não controlada,
  • Pessoas cujo processo de cicatrização é mais complicado,
  • Candidatos que têm o hábito de fumar, pois o tabagismo prejudica a circulação sanguínea,
  • Mulheres que pretendem ter uma gestação futura.

Esperamos que você tenha gostado das informações! Ficou com alguma dúvida sobre a indicação para fazer abdominoplastia? Entre em contato com a gente! Acompanhe as novidades no blog e fique por dentro.

Publicado por: Dr. Francisco Santos Neto – Cirurgião Plástico | CRMSC 23170 | RQE 14041

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM